Construções modernas que vão mudar o seu estilo de vida e o cenário do ambiente urbano.

Construções em container propõem uma solução econômica e eficiente para quem quer viver ou trabalhar em espaços menores, mas que não abre mão de conforto e qualidade.

As casas compactas em contêiner integram o movimento mundial de mini casa - tiny house. Nessa ideia, os projetos otimizam os espaços, dando multi-funções a cômodos e mobiliários.

Essa arquitetura eficiente traz menos custos, proporciona maior versatilidade ao estilo de vida, possibilita mobilidade à construção e reduz a pegada ecológica.

Muitas pessoas passam grande parte de suas vidas trabalhando para pagar aluguel ou parcelas do seu imóvel, que muitas vezes não atendem às suas necessidades.

Como uma alternativa para solucionar este problema, entre outros, apresentamos o sistema construtivo modular em contêiner marítimo, que aos poucos está mudando o cenário do ambiente urbano.

PROJETOS

Perguntas mais frequentes

O que é casa contêiner?

A casa contêiner é um tipo de construção que utiliza um ou mais contêineres. Ela é planejada de acordo com as necessidades de cada morador ou usuário, por meio de um projeto arquitetônico completo e adequado.

É possível construir estabelecimentos comerciais com contêineres?

Sim. O uso de contêineres pode ser empregado em construções residenciais ou comerciais, como lojas, escritórios, estúdios, restaurantes, etc.

Quais as vantagens?

A casa contêiner apresenta diversas vantagens, quando realizada adequadamente por um arquiteto. Uma delas é a rapidez – uma casa, por exemplo, pode ser entregue a partir de dois meses. Outro fator favorável é o custo, já que os projetos podem ficar até 20% mais baratos, dependendo da obra. Outro grande benefício ao dono é que a sua casa, ou estabelecimento comercial, pode ser levada para qualquer lugar – basta contratar um caminhão que realize o transporte dos módulos. Além disso, a construção pode utilizar contêineres reutilizados e integrar processos e materiais sustentáveis em seu processo de customização e manutenção.

Quanto tempo leva o processo de construção com contêiner?

A entrega de uma construção com contêiner depende da complexidade de cada projeto. Em casos de projetos mais simples, é possível finalizar a obra em até dois meses.

A construção é mais barata?

O valor da construção depende da complexidade do projeto arquitetônico, dos materiais utilizados e equipamentos empregados. Porém, é possível que uma construção desse tipo seja 20% mais barata do que uma obra tradicional.

Qual a durabilidade da construção?

Uma construção com contêiner pode durar gerações. Por ser produzido em aço, e com design projetado para ser resistente a cargas, o contêiner é extremamente resistente. Para se ter uma ideia, um contêiner suporta dezenas de toneladas e resiste a todos os tipos de intempéries.

Como é o projeto arquitetônico?

O projeto arquitetônico prevê os mesmos requisitos de uma construção convencional, como aberturas para portas e janelas, instalações hidráulicas e elétricas embutidas, revestimentos, paredes, etc.

É necessário fazer fundação?

Cada caso deve ser estudado individualmente. Normalmente, em terrenos planos e compactos, dispensa-se a fundação, pois o peso do contêiner é baixo e é distribuído pela superfície de seu piso. Em alguns casos, propõe-se uma fundação simples, como um radier (uma laje apoiada diretamente no terreno natural) ou um pequeno aterro com um piso permeável, por exemplo. Porém, em caso de construções maiores ou terrenos menos estáveis, o projeto deve contar com uma fundação mais específica. O terreno, com todas as suas variáveis, é o fator mais importante para esta definição.

A casa contêiner esquenta?

Com base em um projeto arquitetônico completo, é possível evitar o aquecimento do ambiente interno de um contêiner. Isso é feito por meio de isolamento das paredes e telhado, telhados verdes, ventilação natural adequada, condicionamento de ar, etc.

A prefeitura aprova esse tipo de construção?

Sim. A aprovação nas prefeituras, de casas ou estabelecimentos com container, é semelhante à de uma casa de alvenaria.

Consigo construir verticalmente com contêineres?

Os contêineres foram projetados para serem empilhados em navios e suportam dezenas de toneladas. Dessa maneira, é possível criar construções verticais com contêineres, empilhando uma unidade sobre as outras. Porém, é preciso que o projeto de engenharia e arquitetura seja realizado corretamente, levando em conta o dimensionamento de cargas, estrutura do solo, etc.

Preciso de autorização para levantar mais um nível (puxadinho)?

Sim. Quando há intenção de expansão da construção, em um segundo momento, é necessário que este processo seja previsto em projeto por diversos motivos, desde legalização, em alguns casos, até por questão de planejamento da construção. A ideia é que a expansão aconteça em harmonia com o que já foi construído no início, tanto esteticamente quanto funcional e estruturalmente.

A minha casa ou estabelecimento vai ficar com cara de lata?

Existem infinitas possibilidades arquitetônicas para uma construção com contêineres, o que permite que cada projeto seja singular, único. Os revestimentos internos e externos podem ser, por exemplo, de materiais como madeira, cerâmica e vidro. Porém, é importante lembrar que quem opta por este partido arquitetônico deverá assumir em algum momento a sua estética.

A construção é menos segura?

Os containers são feitos de aço e sua estrutura é projetada para suportar dezenas de toneladas de peso, sendo, muitas vezes, mais resistente do que obras realizadas em alvenaria e concreto. No momento da customização dos módulos (contêineres) são feitas alterações em seu sistema estrutural, como recortes e aberturas para criação de ambientes. Portanto, é importante que essas alterações sejam projetadas, calculadas e acompanhadas por um profissional no momento da execução, para manter sua estabilidade.

Quando usar alvenaria e quando usar o contêiner?

Tecnicamente, não existe restrição para o uso de ambas as formas construtivas. O projeto deve ser planejado de acordo com a necessidade de cada cliente, por meio de uma consultoria arquitetônica adequada para atender às expectativas de cada empreendimento.

A casa é realmente sustentável?

A vida útil do contêiner para o mercado náutico é de aproximadamente 8 anos, tendo uma vida real de 100 anos, o que geraria uma média de 92 anos de “inutilidade forçada”. Ao se trabalhar com o conceito de sustentabilidade e ecologia, muitos especialistas e teóricos defendem o conceito dos 3 Rs - reduzir, reutilizar e reciclar. Basicamente, a esse tipo de construção reutiliza contêineres que antes eram destinados ao transporte de cargas. Se aliada a boas práticas – revestimento adequado, telhado verde, geração de energia por meio de células fotovoltaicas – o empreendimento torna-se cada vez mais sustentável.

E se um raio cair na minha casa?

Um container não retém a energia de um raio, assim como aviões e carros. Um recipiente oco funciona com base no princípio da Gaiola de Faraday. Nesse modelo, um condutor, quando carregado, tende a espalhar suas cargas uniformemente por toda sua superfície. Assim, os efeitos de campo elétrico criados no interior do condutor acabam se anulando. Importante prever o aterramento da edificação, independente de suas dimensões.

Atrapalha o sinal de internet ou telefonia?

As construções fechadas com concreto ou aço podem prejudicar o sinal de internet. Porém, uma construção acima do nível da terra, com aberturas adequadas para janelas e portas, possibilita a transmissão normal de ondas de rádio para internet ou telefonia móvel.

E se o container transportou material tóxico ou radioativo?

O início de um projeto com contêiner deve envolver a pesquisa do histórico de cada unidade, possibilitando saber qual a carga transportada. Pode-se obter um laudo emitido pelo serviço público federal no próprio porto. O documento atesta que o container está livre de qualquer resíduo ou radiação.

Como é feito o transporte?

Todo contêiner pode ser transportado por meio de caminhão e deve ser levantado por guindaste ou caminhão munk.

Posso ter ambientes amplos?

Sim. O arquiteto pode agrupar ou empilhar contêineres para atender aos mais variados projetos e layouts.

Quantos contêineres são produzidos anualmente?

Estima-se que há cerca de 17 milhões de contêineres no mundo e centenas de milhares chegam ao mercado todos os anos. O Chile, por exemplo, necessita acima de 100 mil contêineres refrigerados por ano para atender a grande indústria de exportação.

De onde vêm os contêineres novos?

Diversas empresas produzem contêineres no mundo.

Depois do uso para transporte, para onde vão os contêineres?

Os contêineres são usados por cerca de 8 a 10 anos no transporte de cargas. Depois disso, são descartados (muitas vezes são deixados em locais inadequados) ou reutilizados, por exemplo, na construção civil.

Qual o preço médio de um contêiner reciclado?

Nos últimos dois anos, o preço dos contêineres reciclados subiu cerca de 100%, podendo custar atualmente de R$ 4 mil a R$ 10 mil, dependendo de suas dimensões, tempo de uso e estado de conservação.

Quando se começou a utilizar contêiner em construções?

No Brasil essa prática é relativamente nova e teve início na região sul do país. Atualmente é mais comum encontrar construções em contêiner em regiões litorâneas, próximo aos portos. Na Europa e nos EUA essa técnica construtiva vem sendo utilizada desde o início dos anos 2000 e nesse meio tempo tem se fortalecido cada vez mais.

Qual o investimento para uma construção com contêiner?

O investimento para uma construção com contêiner depende do tamanho da construção, da complexidade do projeto e dos materiais utilizados. Pode variar de uma construção simples de R$ 20 mil até um grande empreendimento com preço bem mais elevado.

Quais os tipos de contêineres existentes atualmente?

Existem mais de 20 tipos diferentes de containers, embora com dimensões similares padronizadas. Os principais tipos de containers são:

Dry: O Dry Cargo Container é o mais comum no mundo e também o mais utilizado na construção civil. Esses módulos são encontrados em diferentes medidas: DRY de 20’ (6,06m x 2,44m x 2,59m), DRY de 40’ (12,19m x 2,44m x 2,59m) e o DRY HC DE 40’ (12,19m x 2,44m x 2,89m).

Open Top: é aberto em cima, ou fechado apenas com uma lona removível por ocasião do enchimento ou esvaziamento do mesmo. Esses containers são construídos especialmente para atender ao transporte de mercadorias que só podem ser acomodadas (ovadas) pela parte de cima; normalmente, essas mercadorias são içadas através de pontes-rolantes.

Tank: container-tanque, construído para o transporte de granel, especialmente líquido. Embora a capacidade do tanque construído dentro do container possa variar de volume, sua armação (frame) obedece às dimensões ISO.

Collapsible: containers desmontáveis, construídos para facilitar o seu transporte quando vazios. Uma vez desmontados, cinco unidades modulares desses containers perfazem ou ocupam o espaço de uma.

Livestock: Containers para o transporte de animais vivos, também conhecidos como gaiolas ou jaulas.

Ventilated: Container ventilado, próprio para o transporte de mercadorias que necessitam ventilação.

Reefer: Refrigerado por meio de gerador que o mantém em baixa temperatura. Normalmente esse gerador funciona tanto a combustível (óleo diesel) como eletricidade.